MUSICA

MUSICA

domingo, 7 de fevereiro de 2010

QUERIA!...


Adormeci a pensar em ti. E acordei com um desejo de voar... contigo.

Queria esquecer o mundo e encontrar-me na tranquilidade de quem se dá só porque sim.

Só porque nem sempre é fácil decidir entre o querer e o dever. Só porque há desejos que pulsam em nós e não nos deixam descansar. Só porque nos sentimos perdidos e dizemos que não, quando só queríamos esquecer a vida e dizer que sim....deixando as horas e o mundo correrem devagar.

Queria ser livre contigo num qualquer lugar, sem pressa, sem medo.... Deixar-me tentar, só porque tenho vontade de ti.

Queria que fôssemos capazes de viver... e não apenas sonhar.

Chegar-me mais perto...perder a vergonha e dizer-te sem pudor que te desejo... Agora!

3 comentários:

Anónimo disse...

Um dos teus dons é saber descobrir o significado das palavras, e através delas trazeres até nós a profundidade que o teu belo coração encerra!
beijo vagabundo linda Bea
Rogério

Kika disse...

Consegues passar através da tua escrita o que o teu nobre coração encerra.

Tens um dom sublime de tratar as palavras.

Beijo com muita amizade linda Bea

Kika

LEONEL DIAS disse...

MARAVILHOSA REFLEXÃO COM UMA CONJUGAÇÃO PERFEITA DAS PALAVRAS E DAS IDEIAS.
ONDE TERMINA A FICÇÃO E COMEÇA A REALIDADE(OU VICE-VERSA)? SERÁ QUE NÃO SAISTE DA FICÇÃO OU, PELO CONTRÁRIO, MERGULHASTE NA REALIDADE E NÃO PASSASTE À FICÇÃO? É ESTE, BEA, O MISTÉRIO DA POESIA. BEIJO SUAVE E DOCE. LEONEL DIAS